Atividade

  • O teletrabalho e a aceleração das transformações tecnológicas nos bancos no Brasil
    Data: 01/28/2021 - 18:00 UTC
    Duração : 90 min
    Resumo:

    A Contraf-CUT e o DIEESE realizaram uma pesquisa nacional com 8.560 bancários e bancárias de todos os estados da Federação, que estão trabalhando ou já trabalharam em regime de home office.
    O objetivo da pesquisa foi conhecer as condições de trabalho da categoria bancária em home office: avaliar o fornecimento de equipamentos pelos bancos, a jornada de trabalho, o impacto na saúde , a conciliação das tarefas de trabalho com tarefas domésticas e na relação com os demais membros do domicílio, e também identificar as prioridades para a negociação com os bancos, no intuito de se obter uma regulação do home office, durante e após a pandemia.
    Cerca de 230 mil bancários executaram os seus serviços em regime de home office e isso impactou também na velocidade do processo de transformações tecnológicas que os bancos estão implementando.

    Idioma(s) da atividade: Português
    Outras organizações promotoras:

    Rede Bancários Dieese - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio Econômicos - Brasil

    Contato para se relacionar a atividade:

    contrafcut@contrafcut.org.br

    Plataforma usada para a retransmissão da atividade:

    SteamYard

    Redes e plataformas sociais da atividade:

    YouTube https://www.youtube.com/watch?v=m9QYjStgvFQ

    Tópico(s): Human rights, Jobs, Labour, Law, public works, Social justice, Technology, Work
    Espaço(s) temático(s) da atividade: Justiça social, Justiça econômica
    Eixo transversal da atividade: Pandemia