Initiative

  • Campanha "Mulheres em luta pelo auto cuidado: Ancestralidades e Modernidades"
    Promoting Organizations:
    Brief description (Purpose or mission of your initiative, what it wants to transform, etc.):

    A Campanha "Mulheres em luta pelo auto cuidado: Ancestralidades e Modernidades" objetiva promover entre ativistas a importância do autocuidado e do cuidado entre as mulheres nos coletivos e organizações sociais como estratégia política revolucionária contra o racismo, patriarcado e o capital, numa perspectiva decolonial.
    Entendendo que é fundamental refletir conjuntamente sobre e práticar o cuidado nas lutas, nossa Campanha criará espaços virtuais, durante esse período pandêmico, para diálogos e trocas de experiências, vivências e práticas de autocuidado e cuidado coletivo abrangendo poesia, músicas, movimentos, autoprazer, ervas medicinais e outras ferramentas fundamentais para o cuidado das corpas em luta.

    How promoting group is organized and criteria for considering inclusion of new entities in the group:

    Agregamos diversas ativistas de organizações e coletivos que se dedicam ao cuidado para a realização da nossa Oficina no FSM 2021, muitas das quais passaram a integrar a Coletiva CAIANA e estão construindo conjuntamente esta Campanha Pública. O grupo está aberto pra quem quiser chegar e somar.

    Scope: International
    coletivacaiana@gmail.com
    Type of initiative: Public Campaign
    Main activity area: Activism, Anti-racism, Arts, Campaigning, Care, Feminism, Gender, Herbal medicines, Indigenous peoples, Older people, Popular education, Spiritual, Women
    Where is the initiative located?: Online
    Public actions description and dates for this initiative:

    Serão realizadas publicações nas redes sociais das co-organizadoras da Campanha "Mulheres em luta pelo auto cuidado: Ancestralidades e Modernidades" com cartazes destacando a importância do autocuidado e cuidado coletivo, que poderão ser projetados ou impressos e afixados em espaços públicos de saúde, comerciais e de serviços essenciais. Além disso, serão realizadas 3 ações públicas, por meio de encontros virtuais para aprofundar os eixos abordados na Oficina "Plantas, músicas e movimentos das corpas: estratégias de autocuidado ancestral afroameríndio", realizada durante o Fórum Social Mundial 2021, conforme será descrito no cronograma abaixo.

    Image:
    Public action n°1:

    Oficina "Ervas Medicinais: ancestralidade, espiritualidade, saúde comunitária e autocuidado"

    Public action date n°1: Thu, 02/11/2021 - 05:00
    Brief description n°1:

    Os saberes das ancestralidades negra e indigena, nas suas complexidades e encantamentos, serão compartilhados de maneira simples e prática para nos cuidar e cuidar dos nossos no dia a dia.
    Neste momento pandêmico, em que necessitamos fortalecer a nossa imunidade e o nosso sistema respiratório, nossa atividade será voltada para o cuidado desses aspectos. Faremos outros encontros ao longo do ano, voltados para os outros sistemas do corpo.

    Place n°1:

    Virtual

    Public action n°2:

    Oficina "Vozes, ritmos e movimentos das corpas: poesia, música e práticas corporais para o autocuidado"

    Public action date n°2: Thu, 03/11/2021 - 05:00
    Place n°2:

    Virtual

    Brief description n°2:

    Serão propostas reflexões acerca da importância da expressão através da palavra, da música e dos movimentos corporais para a saúde física, mental e emocional, a partir de vivências e experimentações de exercícios práticos de declamação, ritmo e dança.

    Public action n°3:

    Oficina "Autoprazer: amar-se e permitir-se ao prazer como ferramenta revolucionária de cura"

    Public action date n°3: Thu, 04/08/2021 - 05:00
    Brief description n°3:

    Autoconhecimento através da integração das corpas, para o autocuidado de pessoas com bucetas, pelas vias da masturbação. Mexer as corpas com bucetas, de uma forma prazeirosa, para perceber onde estão as correntes da cultura machista, que prendem o movimento sinuoso da ação no mundo. Uma proposta de cura da sexualidade em vulvas, estimulando a geração da Revolução Embucetada.

    Place n°3:

    Virtual