Actividad

  • Soberania Alimentar e Racismo : Saúde da População Negra
    Fecha: Miércoles, Enero 27, 2021 - 19:45 UTC
    Duración: 180 min
    Breve descripción:

    O Racismo Estrutural e Institucional é um dos fatores determinantes e condicionantes, da Fome, insegurança alimentar e nutricional, da População Negra e das Comunidades Tradicionais.
    As condições de vida, moradia, saneamento básico, trabalho, renda, saúde, são condicionantes da falta de políticas públicas, para enfrentar este quadro, social, político e econômico.
    Este quadro social contribui para agravar a saúde, com aumento de doenças como anemia falciforme, pressão alta, obesidade e outras.
    Com pandemia da Covid 19, se agravou a situação da População Negra e Comunidades Tradicionais.

    Vamos fazer uma reflexão dos impactos no âmbito da cultura e soberania alimentar na população negra, nas comunidades tradicionais homens, mulheres, LGBTQI+, com destaque para a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra

    Painelista:
    Dra. Joice Aragão
    Ubiraci Matilde de Jesus - Forum Nacional de Mulheres Negras
    Edgard Aparecido de Moura – Agentes de Pastoral Negros do Brasil

    Idioma(s) de la actividad: Portugués
    Otra(s) organización(es) promotora(s)s:

    Forum Nacional de Mulheres Negras
    ABDFAL Associação Baiana das Pessoas com Doença Falciforme

    Contacto para relacionarse con la actividad:

    edgard.consea@gmail.com

    Plataforma de retransmisión de la actividad:

    meetung

    Redes o plataformas sociales usados por la actividad:

    meeting

    Link del encuentro online:

    str

    Información relacionada:

    O Racismo Estrutural e Institucional é um dos fatores determinantes e condicionantes, da Fome, insegurança alimentar e nutricional, da População Negra e das Comunidades Tradicionais.
    As condições de vida, moradia, saneamento básico, trabalho, renda, saúde, são condicionantes da falta de políticas públicas, para enfrentar este quadro, social, político e econômico.
    Este quadro social contribui para agravar a saúde, com aumento de doenças como anemia falciforme, pressão alta, obesidade e outras.
    Com pandemia da Covid 19, se agravou a situação da População Negra e Comunidades Tradicionais.

    Vamos fazer uma reflexão dos impactos no âmbito da cultura e soberania alimentar na população negra, nas comunidades tradicionais homens, mulheres, LGBTQI+, com destaque para a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra

    Tópicos: Other/s
    Otros(s) tópicos(s):

    Racismo Estrutural - Racismo Institucional - Saude - Desigualdades de Genero e Raça - LGBTQI+ - Soberania e SEgurança Alimentar

    Espacio(s) temático(s) de la actividad: Justicia social, Justicia económica, Educación, comunicación y cultura
    Espacio temático transversal: Racismo, Genero, Pandemia